Carta de Repúdio ao Projeto de Lei 4330 (Lei daTerceirização)

Vimos a público por meio desta,  demonstrar nosso repúdio em relação ao Projeto de Lei 4330, que versa sobre a terceirização do trabalho no Brasil.

Temos plena convicção de que não se trata de luta partidária, mas sim de defender os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. Mais do que um retrocesso jamais visto nas garantias e direitos dos trabalhadores, o projeto representa acima de tudo uma agressão contra os trabalhadores e trabalhadoras, ao  colocá-los em uma subcategoria, reduzindo seus salários sem diminuição de carga horária, ao passo que beneficia unicamente os empregadores ao permitir minar a articulação entre os trabalhadores/as, visto que dentro de uma mesma empresa haverá mais de um empregador, o que dificultará possíveis negociações quando necessário.

Estamos vivenciando um momento em que importantes decisões que incidem diretamente na vida da população brasileira tem sido tomadas no Congresso sem nenhum debate público, comportamento que não combina com a democracia. Proteger os direitos dos trabalhadores/as brasileiros, bem como ampliá-los está em consonância com os princípios da dignidade da pessoa humana. Neste sentido, retroceder significa ferir a dignidade dos trabalhadores/as brasileiros.

Ficamos totalmente indignados com a Câmara dos Deputados que, com muita rapidez, aprovou essa medida contrária a todas as lutas e conquistas do povo brasileiro no pós-ditadura militar, povo este que através do poder do voto escolheu seus representantes, e na atualidade não consegue ver-se bem representado, uma vez que seus direitos e conquistas pouco a pouco vão sendo diminuídos e/ou destruídos. Mais uma vez nossos deputados acreditam que a solução é massacrar a população pobre para manter os grandes lucros do empresariado.

Confiamos que o Senado brasileiro, não irá coadunar com esse crime contra os trabalhadores brasileiros e uma vez mais irá honrar os votos recebidos na última eleição e lutar para o povo e pelo povo.

Conclamamos a todos cidadãos brasileiros, trabalhadores e trabalhadoras, donas de casa, estudantes e aposentados além dos diversos movimentos sociais das mais diferentes bandeiras a se posicionarem, assim como estamos fazendo e motivarem as pessoas a se posicionarem e enviarem emails para o Senado declarando seu repúdio ao feito e pedindo que reflitam sobre todas as lutas de homens e mulheres trabalhadores brasileiros.

Para facilitar o trabalho de todas as pessoas que querem lutar contra essa imoralidade, elaboramos uma planilha, onde consta nome e email de todos os senadores em exercício.

Para baixar a planilha, basta clicar nesse link. Após, basta abrir o documento, copiar a coluna de emails, colar no seu programa de emails favorito e enviar à todos senadores suas palavras de repúdio e pedidos para que não aprovem o referido Projeto de Lei. Vamos juntos lutar! Reenvie esse texto para todos seus contatos de email para que consigamos levar o Senado Federal à reflexão.

                         FAMÍLIA EDUCAFRO