A proposta do encontro é demonstrar em princípio o quanto a luta do povo negro anda crescendo em todas as identidades, gêneros, religiões e cor na qual o povo negro agrega, e o quão difícil ainda é mudar vidas mesmo a resistência sendo diária. Ocorrerão diversos momentos de identificação e integração cultura e histórica. Com os seguintes temas:

01/07 Advocacia negra como instrumento de conquista de direito do povo negro;

08/07 – Compreensão da meritocracia como obstáculo ao sucesso da população negra;

15/07 – Despertar do negro dentro das universidades brancas;

22/07 – Invisibilidade da mulher negra e acadêmica em meio ao racismo institucional;

29/07 – Saúde mental do povo negro.

Ocorrerá das 8:30 às 11:30

Local: Rua Riachuelo, 342 – Sé, São Paulo – SP, 01007-000

Inscreva-se aqui: https://www.educafro.org.br/intmilitancia/index.php?m=c6a0fea4