NOTA EDUCAFRO - ASSUNTO - RACISMO "GENERAL MOURÃO"

NOTA EDUCAFRO

ASSUNTO: RACISMO "GENERAL MOURÃO"

A EDUCAFRO, através do escritório de Advocacia Bergher & Mattos Advogados Associados, está entrando hoje, 10/08/2018, às 15 horas, em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, com um pedido de instauração de inquérito perante o Ministério Público de Rio Grande do Sul e Delegacia de Polícia, para apurar crime de racismo contra o Candidato a Vice Presidente da República, General aposentado, Mourão - da chapa Bolsonaro.

Toda sociedade acompanhou a fala e postura racistas e ofensivas à Comunidade Negra, proferida por este senhor que diz querer servir a todos os brasileiros, tratando-os iguais [sic].

A Comunidade Negra não mais vai aceitar calada, chorando para dentro de seu corpo - machucado e espancado por 518 anos de escravidão, exploração e marginalização - este RACISMO que cresce assustadoramente na sociedade brasileira.

Sofremos porque não tivemos politicas públicas, a exemplo do que teve os imigrantes europeus pobres que, fugindo da fome que assolava toda Europa, vieram e foram acolhidos pelo Brasil.

Contamos com a solidariedade dos imigrantes conscientes que, ao chegarem no Brasil, encontraram portos, palácios, igrejas, estradas, conventos, belos monumentos construídos com o suor dos injustamente escravizados - o povo negro.

Queremos alertar à sociedade brasileira dizendo que o acesso do povo negro às universidades está fazendo surgir uma nova geração que quer e trabalhará com afinco por direitos iguais. Esta nova geração está impulsionando a EDUCAFRO para cobrar direitos e respeito por parte de todos os seguimentos que formam a sociedade brasileira.

Estamos iniciando um novo momento e iremos enfrentar e denunciar todas as formas de exploração impostas à comunidade negra nestes 518 anos!

A luta não é só da comunidade negra: é também de todos os brancos que tem ética e senso de justiça.

O advogado, especificamente para esta demanda jurídica da EDUCAFRO, chama-se Dr. Marcello Ramalho e está disponível para esclarecimentos e entrevista no celular (21) 99625-1755.

Enquanto Diretor Executivo da EDUCAFRO, estou disponível no telefone (11)96173-3341

Frei David Santos OFM


Oportunidade para Negras e Negros fazerem engenharia no ITA.

 

 

 

Após muita luta da EDUCAFRO e de outras entidades ligadas ao movimento Negro este será o primeiro ano em que o vestibular do ITA vai considerar cotas para negros – modelo já aplicado em outras grandes instituições do país. De acordo com o edital, das 110 vagas, 22 vão ser destinadas aos que autodeclararem negros.
A adoção do sistema de cotas pelo Instituto de Tecnologia e Aeronáutica (ITA) reflete uma decisão do STF sobre o embargo de declaração da Ação Direta de Constitucionalidade (ADC) 41, de abril, que decidiu que a Lei de cotas também deve ser aplicada em concursos das Forças Armadas.
Querendo ver o máximo possível de Negras e Negros passando no vestibular mais concorrido do Brasil, a EDUCAFRO montou um preparatório intensivo para esses três meses antes do vestibular 2019.

Você Negra e Negro que queira vencer através desses direito conquistado.
Inscreva-se no link abaixo.
http://itafro.educafro.org.br/