A EDUCAFRO sabe que as eleições de 2020 serão um grande laboratório para a comunidade afro-brasileira.

Todo o sistema está aparelhado para não deixar surgir novas lideranças.

Cabe à comunidade afro-brasileira judicializar todas suas demandas e, a partir de janeiro de 2021, trabalharmos intensamente para conquistarmos as mudanças.

Vamos?

Leia a matéria na íntegra no link a seguir: Clique aqui.