Após encontro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, no último dia 9/12, a Frente Nacional Antirracista (FNA), movimento que abarca centenas de organizações da sociedade civil e movimentos sociais, inclusive a EDUCAFRO, levou a pauta da participação dos negros e negras no desenvolvimento do Brasil em uma reunião com Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nesta quinta-feira, dia 10 de dezembro. Foi uma das nossas atividades para celebrarmos o nosso compromisso com os direitos humanos. O objetivo do encontro foi discutir uma agenda pública de inclusão e enfrentamento das desigualdades e desenvolvimento por meio da promoção de diálogo com poderes, mundo corporativo, judiciário e setor produtivo. No encontro, Fux se comprometeu a trazer a pauta antirracista e a agenda dos Conselhos de Diversidade e Inclusão nas empresas federais, principalmente via CNJ, bem como outras agendas propostas que a FNA esteja abraçando.

Já está na pauta do CNJ, em atendimento à comunidade afro-brasileira, para dia 15/12, a votação de 20 de cotas para o povo negr@ ser tabelião. Noss@s advogad@s poderão ser don@s de Cartórios! É uma nova frente de empoderamento que se abre!

Assintam, no dia 15 às 10 horas, na TV Justiça e no YouTube do CNJ a votação.

Quem pode estar lá em Brasília representando a Frente Nacional Antirracista e/ou sua entidade negra?

A EDUCAFRO já confirmou presença!

Levem suas bandeiras!