O que você tem feito para defender seu povo negro?

O ajuste fiscal adotado pelo governo prejudicará os mais pobres, especialmente os negros, disseram ontem os debatedores que participaram de uma audiência pública na Comissão de Direitos Humanos (CDH). Eles citaram especificamente o corte de verbas dos programas sociais. Representantes do governo foram convidados a participar do debate, mas não compareceram. Para o diretor da ONG Educafro, frei David Santos, a ausência de representantes dos Ministérios da Educação, do Planejamento, da Fazenda e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial demonstra que o governo não tem respostas para os problemas que afligem a população negra: — Todos os representantes do governo fugiram da audiência porque eles não têm respostas para as nossas verdades, para as nossas dores. A Educafro não aceita que as respostas à crise econômica sejam lançadas novamente nas costas da população negra. Ele criticou o corte de recursos para a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial: — Tem o menor orçamento de todos os ministérios do governo Dilma. Mesmo assim, Dilma e Levy [ministro da Fazenda] tiveram a ousadia de abusar de nós, negros, de nos humilhar, cortando 58% da verba de secretaria.

 

Financiamento

 

Como exemplo do impacto das medidas econômicas sobre a população negra, o frei David citou o contingenciamento de verbas federais para a educa- ção. Segundo ele, a diminuição de repasses para universidades públicas e para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) levaram muitos negros a abandonar os estudos. — Quem serão os mais afetados na fila do desemprego? Serão os negros de baixa renda e sem diploma — afirmou. O professor da Universidade de Brasília (UnB) Ivair Augusto Alves dos Santos cobrou maior diálogo do Palácio do Planalto com os movimentos sociais. Segundo ele, é preciso avançar no combate ao “genocídio da população negra” e no combate ao preconceito. Santos defendeu a criação de um fundo com esse objetivo: — Queremos conversar com o Ministério da Fazenda e o Ministério do Planejamento e dizer o seguinte: “Qual a proposta que o governo tem para combater o racismo e a desigualdade racial? Quanto tem de recursos para poder fazer isso?”. Hélio José (PSD-DF) anunciou que proporá uma nova audiência, dessa vez garantindo a presença de representantes do governo: — Nós precisamos da presença de todos, para podermos dizer ao Brasil os pontos de vista, principalmente os dos nossos órgãos públicos. Telmário Mota (PDT-RR) leu uma mensagem do presidente da CDH, Paulo Paim (PT-RS), que não participou do debate em razão de outro compromisso. No texto, Paim afirma que os negros serão mais impactados pelas medidas do ajuste fiscal por terem menos oportunidades no mercado de trabalho e salários mais baixos. Além do contingenciamento de R$ 69,9 bilhões em gastos da União em 2015, o ajuste fiscal adotado pelo governo endurece as regras para a concessão do seguro-desemprego, do seguro-defeso e do abono salarial. Também altera as normas para o recebimento do auxílio-doença e da pensão por morte, impondo carências e tempo para esse direito conforme a faixa de idade do beneficiário. Outro ponto do ajuste eleva tributos incidentes sobre as importações.

 

FONTE: https://www12.senado.leg.br/jornal/edicoes/2015/06/09/jornal.pdf#page=1


Em 21 de junho: William Douglas na EDUCAFRO

O “Guru” dos concursos públicos, Dr. William Douglas, palestrará na “Reunião Geral” da EDUCAFRO.

É Juiz Federal, Professor Universitário e Autor de diversas obras sobre concursos públicos.

É considerado um dos maiores especialistas da história do país em métodos de aprovação em concursos!

Assim como a EDUCAFRO, ele é comprometido com o sucesso do povo negro e brancos pobres e, justamente por isso, estará ministrando esta palestra com o intuito de contribuir com a vitória da família EDUCAFRO, concorrendo com os “concurseiros de plantão”.

Você já teve a oportunidade de participar de uma palestra do William Douglas?

É uma experiência única!

Você, membro da família EDUCAFRO, está convidado a trazer seus amigos e familiares!


Reunião Geral - 17/05/2015

Convidamos todos (as) associados (as) e universitários da Educafro para a Reunião Geral do mês de maio, que ocorrerá neste domingo, dia 17/05/2015, das 09:00 as 12:00hs, na Rua Riachuelo,342,Centro,São Paulo.

Contaremos com a ilustre presença da consulesa da França no Brasil, Sra. Alexandra Baldeh Loras: mulher negra, jornalista, defensora das políticas de ações afirmativas e combatente do racismo.

Também nessa data, haverá assinatura de convênio com www.horasdavida.org.br  - entidade que consegue consultas para pobres, só com médicos de primeira linha, entre eles Drauzio Varella, da TV GLOBO.

Contamos com a presença de TODOS (AS).


Foi a 27 anos atrás: Missa inculturada afro Frei David na Catedral de Caxias em 1988

Há 27 anos atrás tínhamos ousadia no assumir a Vida Religiosa e fazer o Reino de Deus acontecer
também nas manifestações litúrgicas.
Sofremos muitas perseguições, mas valeu a luta!
Veja parte da Missa Incultura Afro:
(texto da equipe de Eduardo Coutinho)

Imagens da missa inculturada afro celebrada pelo Frei David na Catedral de Santo Antônio no dia 20 de novembro de 1988. É um trecho muito significativo do sensacional documentário O Fio da Memória, do mestre Eduardo Coutinho, falecido recentemente.

Pastoral do Negro, ligada à Teologia da Libertação, foi uma das importantes articuladoras de toda a movimentação cultural e política dos anos 80 que levantou a premência da questão racial no país. E a Baixada foi um dos epicentros dessa luta, sobretudo Caxias e São João, que contavam com uma Diocese com Dom Mauro Morelli de frente, e ainda um vigoroso movimento negro.

Esse intenso período acabou gerando um acúmulo de discussões e ações que desembocaram em importantes conquistas como o resgate da história do Quilombo de Palmares, a Lei Caó (que é de 85), o PVNC (Pré-Vestibular para Negros e Carentes), a lei 10.639/03 (que instituiu nas escolas o ensino de história e cultura afro-brasileira), a discussão sobre política de cotas, entre outras.

Fonte: elinkare

 


Veja o representante da EDUCAFRO no STF defendendo as COTAS nas universidades.

Veja o representante da EDUCAFRO,
voluntário Dr Thiago Bottino,
professor de Direito na FGV,
no STF defendendo as COTAS para NEGROS nas universidades.
Para nós da EDUCAFRO, negros e brancos
precisam estar irmanados nas derrubadas e conquistas das barreiras que impedem o direito
Área de anexos
Visualizar o vídeo STF 25-04-2012 Dr. Thiago Bottino Lopes, Advogado da ONG EducAfro defende cotas raciais do YouTube

STF 25-04-2012 Dr. Thiago Bottino Lopes, Advogado da ONG EducAfro defende cotas raciais

Campanha da Fraternidade 2015

Com o tema "Fraternidade: Igreja e Sociedade"
e lema "Eu vim para servir" (cf. Mc 10, 45),
 a Campanha da Fraternidade (CF) 2015
acontecerá em todas as Igrejas do Brasil.

 


TJ SP - concurso aberto para técnico judiciário - R$ 3.878,07 - (apenas ensino médio completo)

Para os membros da Família Educafro São Paulo
(e demais que queiram aqui viver)

Entre os dias 26 de janeiro de 2015 e 6 de março de 2015, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ - SP) recebe as inscrições para o Concurso Público destinado ao provimento de 345 vagas na função de Escrevente Técnico Judiciário, incluindo a reserva para pessoas com necessidades especiais.

A remuneração devida aos aprovados é de R$ 3.878,07, correspondente ao regime de 40 horas semanais. Como benefícios ainda podem ser incluídos auxílios alimentação, saúde e transporte.

As oportunidades serão preenchidas em nove regiões administrativas do interior, conforme descrito a seguir:

  • 2º Região Administrativa Judiciária: Araçatuba (5), Lins (5), Andradina (5) e Jales (5);
  • 3º Região Administrativa Judiciária: Bauru (5), Botucatu (5), Avaré (5), Ourinhos (5) e Jaú (5);
  • 4º Região Administrativa Judiciária: Campinas (20), Jundiaí (15), Bragança Paulista (5), Mogi Mirim (5), Rio Claro (5), Limeira (5), Pirassununga (5), Piracicaba (5), São João da Boa Vista (5), Americana (5) e Amparo (5);
  • 5º Região Administrativa Judiciária: Presidente Prudente (5), Assis (5), Presidente Venceslau (5), Dracena (5), Tupã (5) e Marília (5);
  • 6º Região Administrativa Judiciária: Ribeirão Preto (20), São Carlos (5), Araraquara (5), Franca (5), Batatais (5), Ituverava (5), Jaboticabal (5) e Casa Branca (5);
  • 7º Região Administrativa Judiciária: Santos (20), Registro (5), Itanhaém (5);
  • 8º Região Administrativa Judiciária: São José do Rio Preto (20), Barretos (5), Catanduva (5), Votuporanga (5) e Fernandópolis (5);
  • 9º Região Administrativa Judiciária: São José dos Campos (15), Taubaté (5), Guaratinguetá (10) e Caraguatatuba (5);
  • 10º Região Administrativa Judiciária: Sorocaba (15), Itu (5), Itapetininga (5) e Itapeva (5).

Mais informações, como as cidades vinculadas a cada município das regiões administrativas, podem ser obtidas no documento de abertura disponível em nosso site.

Para concorrer os profissionais devem possuir até a data da posse, ensino médio completo, além de 18 anos. As inscrições serão recebidas pelo site da organizadora, www.vunesp.com.br, até às 16h do último dia do prazo, com o recolhimento da taxa no valor de R$ 50,00. A partir do dia 13 de março de 2015, os inscritos devem conferir se os pedidos de participação foram devidamente recebidos.

Os candidatos cujas inscrições forem homologadas serão submetidos às Provas Objetiva e Prática. O teste escrito está previsto para ser aplicado em 26 de abril de 2015, sendo que a validade da classificação final é de um ano, podendo ser prorrogada por igual período.


Veja os 20 cursos mais procurados do Sisu; administração lidera a lista

Administração é o curso com o maior número de inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação. Até as 18h desta quinta-feira (22), 295.799 mil candidatos se inscreveram nos cursos de administração disponibilizados no sistema. Em seguida estão direito (254.217), pedagogia (231.243), medicina (229.771) e educação física (180.430). Mais de 2,6 milhões de pessoas já se inscreveram. O prazo para participar terminou às 23h59 desta quinta-feira.

Completam a lista dos 20 cursos mais procurados os de engenharia civil, ciências biológias, enfermagem, psicologia, ciências contábeis, matemática, agronomia, química, nutrição, serviço social, medicina veterinária, arquitetura e urbanismo, geografia, história e física.

VEJA OS 20 CURSOS COM MAIOR NÚMERO DE INSCRIÇÕES DO SISU 2015

Lista dos 20 cursos mais procurados do Sisu até 18h de quarta-feira (22) (Foto: G1)

Fonte G1


UFSC reabre vagas remanescentes! Inscrições com ENEM de 2012 ou 2013 até 26 de janeiro de 2015

Inscrições abertas até 26 de janeiro de 2015

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), reabre as inscrições para vestibular 2015, para preenchimento de vagas remanescentes.

Podem se inscrever alunos que participaram do Enem 2012, 2013 e 2014, ou que tenham participado do Vestibular UFSC 2015, tenham tido sua redação avaliada e obtido nota igual ou superior a 3,00 (na escala 0,00 a 10,00) nessa avaliação.
Caso o candidato tenha participado em mais de uma edição do ENEM, deverá informar o número de inscrição daquela em que obteve melhor desempenho, considerando-se a nota ENEM na base centesimal.

Para realizar a inscrição o candidato deverá acessar o site, no período de 16 a 26 de janeiro até às 23h59min, preencher o formulário eletrônico de inscrição e enviá-lo, via internet, para a COPERVE/UFSC.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO UFSC