Nota da EDUCAFRO sobre artigo publicado no site da Revista Veja em 11 de novembro de 2014